Vendas do mercado livreiro fecharam 2017 com balanço positivo; confira o Painel SNEL/Nielsen

Janeiro de 2018 – O último período de 2017 foi positivo para o mercado livreiro, ajudando as vendas a fecharem o ano no azul. A semana do Natal*** foi particularmente importante, ao apresentar crescimento de 16% em faturamento e 10% em volume em comparação à mesma semana de 2016. Esse bom desempenho influenciou os números do 13º período*, que mostraram estabilidade no volume de livros vendidos (+0,24%), mas apontaram crescimento em valor (+4,97%).

Somado ao total de 2017**, o período* analisado (13T) contribuiu para que o acumulado do ano fechasse com aumento das vendas em volume (4,55%, que equivalem a aproximadamente 1,8 milhões de exemplares) e em faturamento (6,15%, correspondentes a cerca de R$ 100 milhões) – números superiores à inflação e à expectativa de crescimento do PIB.

“O mercado do livro tem muito o que comemorar. Desde que iniciamos a série histórica com o Bookscan, em 2013, este é o primeiro ano que vemos resultados financeiros positivos e acima da inflação. As ações promocionais foram um dos principais impulsionadores dessa performance, pois os períodos com maior crescimento (3T e 9T) tiveram influência do aumento do desconto médio”, comenta Ismael Borges, líder da Nielsen Bookscan Brasil.

Esses são alguns dos dados do 13º Painel das Vendas de Livros no Brasil em 2017, divulgados pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e pela Nielsen. Os números têm como base o resultado da Nielsen BookScan Brasil, que apura as vendas das principais livrarias e supermercados no país.

Acesse o estudo na íntegra.

* T. Mercado – Período 13: 2016 (05/12 a 01/01/2017) x 2017 (04/12 a 31/12/2017)
** T. Mercado – Acumulado WK01 / WK52: 2016 (04/01 a 01/01/2017) x 2017 (02/01 a 31/12/2017)
*** T. Mercado – WK 201751 x 201651
Fonte: Nielsen | Nielsen BookScan

voltar