Faturamento do mercado livreiro teve aumento de 12,32% no acumulado de 2018, mostra 2º Painel SNEL/Nielsen

Março de 2018 – O fechamento do segundo período* de 2018 para o mercado livreiro confirmou a boa campanha de vendas de volta às aulas e manteve importante avanço em comparação ao ano anterior.

As vendas em volume cresceram 4,73%, enquanto o faturamento continuou na casa dos dois dígitos, com 10,42%. Esse intervalo também foi marcado pela forte presença dos produtos de volta às aulas, inclusive universitários, com preços mais altos e descontos menores.

No acumulado do ano, o mercado totalizou um aumento de 4,45% das vendas em exemplares, com faturamento 12,32% maior.

Tendo em vista que a inflação em 12 meses foi de 2,84%, a perspectiva é de um ano de recuperação gradativa, de acordo com Ismael Borges, líder da Nielsen Bookscan Brasil. “Chama a atenção a combinação de preço médio mais alto associado a um nível de desconto baixo, inclusive para o período. Uma boa fórmula para garantir um melhor faturamento”, comenta.

Esses são alguns dos dados do 2º Painel das Vendas de Livros no Brasil em 2018, apresentados pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e pela Nielsen. Os números têm como base o resultado da Nielsen BookScan Brasil, que apura as vendas das principais livrarias e supermercados no país.

Veja o estudo completo.

* T. Mercado – Período 02: 2017 (30/01 a 26/02/2017) x 2018 (29/01 a 25/02/2017)
** T. Mercado – Acumulado WK01 / WK08: 2017 (02/01 a 26/02/2017) x 2018 (01/01 a 25/02/2017)
Fonte: Nielsen | Nielsen BookScan

voltar